Mamão Formosa

* Imagens Ilustrativas

Ativa os processos digestivos

Descrição: Fruto elo mamoeiro (CtlrtCll T'rtpaya J,.), árvore de tronco fino e ramifcaações' não Ienhoso da família elas Caricácras, que alcança de ,'a 6 In de: altura. O fruto costuma pesar dr- 0,5 a 2 kg e há alguns de até () kg. Sua casca verde ou amarela en('('rra lima polpa de textura muito fina cJ(' cor amarela ou alaranjada. Em seu interior há urna cavidade ocupada por numerosas sementes pretas de sabor ácido.

Propriedades e indicações: O mamão contém 88,8% de água, quase tanto como o melão (92%), razão pela qual é chamado "melão dos trópicos". No entanto, o mamão e o melão pertencem a distintas famílias botânicas e suas características são bem diferentes,

Seu conteúdo em nutrientes energéticos é bem mais reduzido, tanto em carboidratos (8%), corno em proteínas (0,61%) ou em gorduras (0,14%), A maior parte ele seus carboidratos é formada por açúcares: sacarose, glícose e fmtose.

Destaca-se seu conteúdo vitamínico: 100 g de polpa fornecem 103 % das necessidades diárias de vitamina C e 18% das de vitamina A (para um adulto),

As vitaminas do grupo B também estão presentes, embora em pequenas quantidades, exceto os foJatos, dos quais contém 38 µg /100 g, tanto como a manga (ver pág, 238) ou a feijoa (espécie de goiaba, ver pág, 184), as frutas frescas mais ricas nessas substâncias,

Quanto aos minerais, o mamão é rico em potássio (257 pg /100 g), e contém quantidades apreciáveis de cálcio, magnésio, fósforo e ferro, A pectina (fibra vegetal de tipo solúvel) está presente na proporção de 1,8%,

A PAPAÍNA é uma enzima proteolítica (que desfaz as proteínas), similar à pepsína contida no suco gástrico . Encontra-se principalmente nas folhas da árvore e na seiva branca, ou látex que mana dos frutos verdes, mas é escassa no mamão maduro.

O mamão é uma fruta fácil de digerir e que contribui para facilitar a passagem de outros alimentos pelo conduto digestivo, Suas principais indicações terapêuticas são:

• Afecções do estômago: Recomenda-se em caso de digestão pesada, ptose gástrica (estômago  descaído), gastrite e sempre que existir preguiça digestiva devido à inflamação da mucosa gástrica.

O mamão contribui para neutralizar o excesso de acidez gástrica. Seu consumo é benéfico em caso de úlcera gastroduodenal, hérnia de hiato e pirose (acidez do estômago).

• Díspepsia biliar e pancreatite crônica: É muito aconselhável por tonificar todos os processos digestivos e ser pobre em gorduras.

• Afecções intestinais: Por sua ação suavizante sobre as mucosas digestivas e anti-sépticas. é útil em casos de gastroenterites e de colites de qualquer tipo: infecciosa, ulcerosa, espástica (cólon irritável).

Pesquisas realizadas no Japão, mostram que o mamão, especialmente quando não está completamente maduro, exerce função bacteriostática (impede o desenvolvimento de bactérias) sobre muitos gérmens enteropatogênicos causadores de infecções intestinais. É um alimento muito recomendável em casos de diarréia infecciosa.

• Parasitas intestinais: O látex do mamão e, em menor proporção sua polpa, exercem uma ação anti helmíntica e vermífuga contra os parasitas intestinais, especialmente as tênias.

• Afecções da pele: Por sua riqueza em provitamina A, o mamão faz parte da dieta recomendada para as doenças da pele, como eczemas, furunculose e acne.

Preparo e utilização

Fresco: É a melhor forma de consumi-lo. Os mamões vendidos nos países tropicais normalmente são colhidos verdes para que agüentem o transporte e perdem um pouco do sabor e qualidade. O papaia é muito apreciado como desjejum e sobremesa, embora também sirva como salada, com alface e suco de limão.

Preparo culinário: O mamão é muito utilizado paro sucos, vitaminas, sorvetes e gelatina, sobremesa muito popular nas regiões tropicais da América.

Conserva: É enlatado para facilitar seu transporte paro terras distantes,

Veja Também

Manga Tommy

Laranja Mimo

Mamão Havai

* Imagens Ilustrativas